O que são gatilhos mentais - Definição no Glossário da Academia 360

Você sabia que é possível  atrair muito mais pessoas para o seu negócio e aumentar sua taxa de conversão mudando apenas o jeito como você apresenta seus argumentos em suas ofertas?

Podemos dizer que gatilhos mentais são poderosas armas de persuasão que podem te ajudar e muito nesse objetivo de convencer pessoas.

Existem vários tipos de gatilhos mentais, e com o tempo eles foram se dividindo em vários outros, mas existem alguns que são mais recorrentes e que apresentam bons resultados no mercado.

Confira alguns deles:

Reciprocidade

Sabe quando você é convidado para um jantar na casa de amigos, fica com a sensação de que precisa retribuir e na despedida convida eles pra fazer o próximo encontro na sua casa? Esse é apenas um caso em que a reciprocidade agiu com muita precisão.

Vários estudos e experimentos comprovaram que quanto maior a satisfação, maior a “obrigação” que a pessoa beneficiada sentirá em retribuir o mais rápido possível.

Por isso seus produtos, serviços e ações devem ter como objetivo primário tornar a vida das pessoas mais simples, para depois gerar algum lucro para você.

Escassez

Quando uma coisa é rara, automaticamente ela se torna mais cobiçada. Invista em promoções para poucas unidades, inscrições liberadas apenas para os X primeiros que chegarem, ou qualquer outra forma que deixe claro que o que esta sendo oferecido é para poucos e está disponível por pouco tempo.

Incentive uma competição saudável, uma disputa por quem chega primeiro e tem direito ao prêmio: o seu produto ou serviço.

Autoridade

As pessoas tendem a confiar, seguir e comprar de quem elas admiram e têm respeito. A autoridade é algo que se constrói ao longo do tempo, com ações consistentes, conteúdos que ajudam, postura e materiais coerentes, que geram valor.

Comece desde já e veja como fica muito mais fácil oferecer o seu produto ou serviço quando você transmite confiabilidade e é uma referência no assunto.

Consistência

Esteja presente na vida do seu público. Quando falamos sobre consistência, estamos falando sobre você manter uma regularidade e coerência no que se propõe a fazer.

Alimente suas redes de conteúdo com uma determinada frequência. Mostre que você está sempre trabalhando naquilo que defende. Por isso, alinhe o seu discurso e aja de acordo com o que fala, sempre.

Empatia

Nós gostamos de pessoas semelhantes a nós, de pessoas que nos elogiam, entendem e cooperam conosco para objetivos em comum.

Faça o seu público se identificar com você, trabalhe seu avatar e personas para entender suas dores e crie essa relação direta com seu público. Mostre que você o entende.

Prova Social

Quando as pessoas são inseguras, elas buscam alguém para se espelhar, uma opinião que passe confiança. No nosso caso, ter algum depoimento como prova social mostra a transformação de outros clientes que já experimentaram o seu produto.

Isso com certeza vai dar o empurrãozinho que faltava para escolher o seu produto ou serviço. Então aproveite os feedbacks positivos que recebe para mostrar que o seu produto funciona e resolve o problema das pessoas. Um cliente satisfeito é o melhor marketing que você pode ter.

Para que serve?

Após anos de muitas pesquisas e experimentos no mercado, foi descoberto o potencial dos gatilhos mentais para aumentar taxas de conversão, seja em abertura de e-mails, preenchimento de formulários, conclusão de compra, índice de satisfação do cliente ou qualquer que seja o seu termômetro de sucesso.

Gatilhos mentais estimulam o público e isso pode e vai te ajudar muito a vender na internet.

Quando utilizar?

A verdade é que, entendendo o que são os gatilhos mentais e como eles influenciam no comportamento e tomada de atitudes do seu público, isso se torna muito natural, sem a necessidade de decorar todos esses nomes.

Quando você tem seu avatar e personas bem definidos, usar esses recursos de linguagem em suas ações ficará bem mais fácil. Isso vale também para a construção de calls to action, que devem sempre conter algum gatilho para ter maior eficácia.

Por isso, use-os sempre em suas páginas de vendas, nos posts das suas redes sociais, nos seus vídeos e artigos de conteúdo ou até mesmo naquele e-mail importante, em que você quer negociar um preço melhor com o fornecedor novo.

Gostou dessa dica? Não deixe de conferir os outros termos e conceitos que preparamos para você no nosso Glossário 360.

Agora, caso queira aprender mais sobre os conceitos básicos do marketing digital e começar a vender na internet, fizemos um curso especial para quem está no início dessa jornada, o Primeira Venda.

Nele são apresentados todos os termos e conceitos necessários para elaborar a sua estratégia de venda, do início ao fim. Tudo isso feito por especialistas na área. Clique aqui e confira.