Como o Infomoney Ganhou Independência com os Cursos Online

O maior veículo de comunicação financeira do Brasil, o Infomoney, começou em 2001

Nesta época, o fundador do Infomoney trabalhou em banco de investimentos na Inglaterra e nos Estados Unidos, e via as coisas de Mercado financeiro que existiam lá fora, como os sites de informações sobre este tema. Decidiu voltar ao Brasil para aproveitar o mercado ainda muito novo, cheio de oportunidades a serem exploradas.

No início, a ideia era o Infomoney ser uma empresa de software para quem queria investir na bolsa e o site seria um apoio, onde seriam publicadas notícias, cotações, para atrair o público para consumir o software.

conheça a linha do tempo do infomoney no estudo de caso da academia 360

O software foi um grande fracasso, o site foi um grande sucesso – o que mostra que o projeto inicial nem sempre é aquele que guia a empresa até o final, mas é um ponto de partida importante para o direcionamento correto. Depois de entrar em campo é que se tem as reações do mercado, para perceber o caminho mais produtivo para o negócio.

Em um momento de alta da Bolsa, O Infomoney foi quem soube melhor aproveitar o momento em que as pessoas estavam abertas a diversificarem seus investimentos, além das opções tradicionais que os bancos já ofereciam.

O Infomoney ajudou a mostrar para as pessoas uma nova alternativa de investimento, com taxas menores, mais rentabilidade e assessoria especializada.

1 ano depois, João Sandrini, que hoje é Diretor Executivo, chegou como editor chefe para comandar toda a parte de redação da empresa, que conta com um time de 16 pessoas especializadas em economia, finanças e temas ligados ao investimento.

O Infomoney surfou muito bem o movimento de alta, mas quando a maré começou a recuar, junto com o surgimento do Facebook em 2010 como alternativa mais competitiva do que monetizar apenas com os anunciantes, a empresa viu a necessidade de procurar outras fontes de receita, de achar uma alternativa de monetização.

Foram mais de 2 anos de tentativas e testes, na luta para fazer alguma coisa virar. No final de 2014, foi quando enxergaram o potencial dos cursos online.

Veja o Estudo de caso Completo, com mini-ebooks, podcasts e vídeo-aulas cadastrando-se gratuitamente aqui.

Mudar é Questão de Sobrevivência

Com a popularização da internet crescendo por volta de 2010, os meios de comunicação começaram a migrar fortemente para o online. Durante um bom tempo, o Infomoney teve como sua principal fonte de monetização os espaços publicitários que vendiam para os anunciantes dentro do site.

Mas junto com esse boom do mercado online, surgiram gigantes como o Google e o Facebook, que começaram a construir rapidamente uma poderosa rede de dados que se tornaram valiosíssimos para quem anuncia.

Isso acendeu um “alerta vermelho” no Infomoney, que acompanhou o crescimento das receitas em publicidade online e ao mesmo tempo percebeu que um grande volume dessa receita era destinado ao Google e ao Facebook, por isso, precisava buscar uma nova forma de monetizar o seu negócio além dos espaços publicitários dentro do site.

Foi no final de 2014 que o Infomoney achou a veia e enxergou o potencial dos cursos online de investimento. O primeiro curso faturou R$ 400 mil, o que abriu os olhos do Infomoney para esse negócio. E então, os cursos passaram a ser desenvolvidos e, no final, o cliente teria como opção utilizar a corretora para poder iniciar a sua caminhada no mundo dos investimentos.

Assista ao Estudo de Caso completo! Clique aqui.

O século XX foi do petróleo, o século XXI é o século dos dados

Empresas como Facebook, Apple e Google têm de diferencial para monetizar muito os seus negócios é a quantidade de dados dos usuários que possuem. Foi isso que fez o Infomoney ir em busca de uma nova forma de monetização para o seu próprio negócio, já que não poderia competir com esses gigantes como anunciante, ainda que existam ferramentas que ajudam a obter esses dados.

Tomando como aprendizado o que se tornou o motivo para a busca de outra forma de monetização, para criar seus conteúdos, o Infomoney não pensou duas vezes antes de usar ferramentas para poder enxergar a empresa com um olhar 360º, que lhe ajudaria a perceber exatamente quais conteúdos geravam mais engajamento e trazia mais audiência para o site.

como o infomoney conquistou independência financeira através dos cursos online

O Infomoney é uma empresa que tem todos os seus indicadores na palma da mão, tem indicadores de desempenho bem claros e trabalha com dashboards para poder enxergar as áreas que vão bem e aquelas que precisam de uma atenção maior.

Para cada curso feito, é possível saber exatamente quanto de vendas esse curso gerou por período, qual está tendo maior procura, etc. O mesmo vale para a audiência no site: eles utilizam o Google Analytics para ver, em tempo real, se a matéria está sendo bem clicada ou não.

A partir daí surgem os testes A/B com títulos e novos termos, por exemplo. O objetivo é fazer as melhorias no conteúdo e acompanhar as métricas até acertar o título correto das matérias que atria mais cliques e leitores.

Com a redação inteira tendo acesso aos dados, a equipe podia olhar todos os dias as matérias que funcionaram e as que não. “No dia seguinte, esses jornalistas já vão ter mais aprendizado para serem ainda melhores”, completa. É assim que eles apuram o feeling do que vai ser notícia quente e o que não converte.

O Infomoney usa esses dados não apenas para criar conteúdos que viralizam e são recorde de acessos e engajamento, mas também para medir o desempenho da sua própria equipe e recompensá-la pelos bons resultados. Internamente, é possível saber quanto de audiência os jornalistas trouxeram por artigo, por exemplo, e isso vai criando um ranking.

Criar metas é a maior demonstração de amor que você pode ter com os seus funcionários – Vicente Falconi

Medir o desempenho da equipe é uma forma justa de recompensar e reconhecer as pessoas da equipe que merecem ser valorizadas. A remuneração variável também é importante na cultura da empresa, permitindo dar o incentivo correto para quem quer crescer dentro da organização.

Tenha acesso a todo material complementar deste Estudo de Caso clicando aqui!

Na hora de criar os novos conteúdos, o termômetro da audiência é o interesse das pessoas. O Infomoney entrega bastante informação gratuita, em forma de artigos, mas nem sempre o que dá certo como uma matéria gratuita pode ser transformado em um curso pago. É isso que faz o mundo dos infoprodutos ser surpreendente.

Na avaliação do Sandrini, “um produto pago deve oferecer algo que a pessoa já tentou aprender sozinha, mas não conseguiu”. Ou seja, nem sempre o topo do funil é o melhor lugar para se criar um curso online.

Então, perceba o que interessa à sua audiência e transforme em curso. Faça o lançamento dele, teste e sempre acompanhe os resultados para ver a necessidade de lançar novos produtos.

A Grande Virada

Depois que você descobre o que tem que fazer e o caminho fica claro, você traça uma linha reta e vai

O Infomoney criou uma máquina poderosa de criação de cursos e conteúdos e a medida que eram lançados, o sucesso era enorme e eles começaram a chamar novos professores para produzir mais cursos, criando um ciclo de crescimento exponencial.

Atualmente, 2/3 da receita do Infomoney vem dos cursos online e 1/3 vem da mídia vendida no site para anunciantes.

Treinamentos Online com Tráfego Orgânico

A decisão foi estratégica: comparando com o preço da publicidade hoje, é mais vantagem anunciar do que vender mídia, principalmente quando se concorre com players como Facebook e Google, que têm os espaços mais disputados para anúncio com uma base de dados que permite um alcance enorme de audiência.

Então o Infomoney direcionou os esforços na criação dos seus produtos próprios, aproveitando o espaço valioso que já tinham com um grande alcance e audiência, para vender os seus próprios produtos de forma orgânica. O saldo foi muito mais lucrativo, transformando as suas mídias em espaços para divulgação dos seus próprios produtos do que vender para anunciantes.

O gostoso de gerir uma empresa é pensar onde o negócio vai ganhar dinheiro, qual é o próximo investimento a ser feito, quanto vai crescer no ano seguinte

Foi essa a leveza que o Mercado Digital proporcionou ao Infomoney, e é o que mantém todo o time motivado, gerando todos os dias novas oportunidades de continuar crescendo.

Além disso, Sandrini considera que foi muito mais fácil implementar a nova alternativa de monetização através dos produtos digitais devido ao menor número de obstáculos que se encontra em uma empresa pequena em relação a uma grande corporação. “Numa empresa pequena é muito mais fácil experimentar, não precisa convencer tantas pessoas, tem menos burocracia”, completa.

As pessoas querem ter resultados diferentes fazendo as mesmas coisas e a gente sabe que isso não funciona.

O que você precisa mudar imediatamente na sua empresa para começar a ter os resultados diferentes que espera? Você sabe exatamente o que acontece na sua empresa e os números do seu negócio para tomar as melhores decisões? Com essas respostas, é hora de colocar a mão na massa e caminhar em direção ao crescimento e ao sucesso do seu negócio.

Sem tempo para ler todo o Estudo de Caso? Baixe o Podcast e escute onde quiser.

O Papel dos Parceiros na Estratégia do Infomoney

entenda como o infomoney aumentou o seu faturamento usando parceiros como multiplicadores de suas vendasApesar de terem uma grade de produtos próprios, alguns produtos não são produzidos dentro de casa para dar mais velocidade e produtividade ao negócio. O que não é 100% a expertise do Infomoney, a empresa traz quem é referência para desenvolver. O foco naquilo em que realmente você faz bem é fundamental para o crescimento e o sucesso da sua empresa.

Nossa vocação é ser um distribuidor

Sendo assim, o Infomoney entra como distribuidor desses cursos dos professores parceiros. Elas pensam o conteúdo, desenvolvem e entregam pronto para distribuição, o que forma a parceria extremamente produtiva, porque de um lado existe um conteúdo de extrema qualidade, e do outro um canal de distribuição qualificado, com um enorme alcance e audiência interessada nos temas dos cursos divulgados.

A bolsa é um mundo

Terceirizar a produção dos cursos com professores parceiros foi uma decisão assertiva. Por mais que investimento já seja um nicho no Brasil, em investimento variável é ainda mais difícil ser expert em todos os temas devido ao tanto de possibilidades de criação de produtos. “Não dá pra ter um especialista dentro de casa pra tratar de todos os assuntos”, conclui Sandrini.

Quando se é produtor, você tem 100% do lucro apenas para você quando se é o produtor do curso, considere se vale a pena para o seu negócio ter uma prateleira mais completa com produtos de parceiros. Apesar da sua margem de lucro ser menor, pois terá que dividir as comissões, você terá a possibilidade de aumentar a velocidade do negócio com muito mais qualidade, com conteúdos muito mais valiosos de quem realmente e especializado nos mais variados assuntos.

Estamos com as portas abertas para fazer acontecer. O mundo hoje é de comunidades. Sozinho você pode ir mais rápido, mas não vai muito longe.

Apesar de terem vários parceiros na parte de produção de cursos, o Infomoney está em busca de parceiros qualificados na parte de vendas. Esses parceiros podem ser afiliados através da plataforma da Eduzz, onde estão hospedados os cursos da empresa, que vê sinergia com parceiros que tenham lista e rede de contatos interessada em investimentos para ajudar a distribuir os produtos.

Nesse contexto, a Eduzz também entra como parceira importante, por ser ultra especializado na venda desses produtos digitais, dando ao Infomoney o tempo necessário para focar no seu core, crescendo a empresa cada vez mais naquilo que realmente é boa. “Uma empresa de 30 pessoas não pode querer abraçar o mundo. Por isso a Eduzz é um grande diferencial pra gente na parte de serviço”, completa Sandrini.

BÔNUS: Bate-bola e Dicas de Ouro

Sandrini nos deu dicas valiosas do que aprendeu ao longo desses anos de muitos erros e acertos quando o Infomoney decidiu entrar com os dois pés no mundo do marketing digital. Acesse o Estudo de Caso completo para ter acesso aos vídeos, podcasts, mini-ebooks e todo o material complementar que vai te dar insights poderosos para aplicar no seu próprio negócio.

Clique aqui e acesse agora.