Como Atrair Mais Clientes Usando a Internet - Estudo de Caso ATOM/SA

Carol Paiffer, presidente da ATOM, dá dicas valiosas para você atrair mais clientes

Você está convidado a embarcar nessa jornada de 6 aulas que vai contar, em detalhes, o caminho que a ATOM percorreu até se tornar referência no mercado de investimentos utilizando o marketing digital como uma importante estratégia de negócio para atrair mais clientes.

Você vai ter acesso a dicas valiosas, que vão te ajudar a impulsionar o seu negócio na direção certa.

Introdução

A bolsa de valores sempre foi um bicho de sete cabeças para a maioria dos brasileiros. Todo mundo tem ou conhece alguém que tem uma história triste de que investiu e perdeu dinheiro, ou simplesmente não quer correr o risco de fazer investimentos de renda variável com medo de perder grandes valores.

Culturalmente, o brasileiro é um povo conservador quando se fala de investimentos e boa parte disso se deve ao pouco ou nenhum contato com a educação financeira.

Por que as pessoas ainda investem pouco?

Além do pouco conhecimento para gestão financeira, o Brasil já é conhecido por ser a nação com um dos valores mais altos de impostos pagos pelos seus contribuintes, que vêem cada vez menos dinheiro sobrando no final do mês. Este ano, o brasileiro trabalhou por 153 dias só para pagar impostos.

São 5 meses e dois dias pagando mais de 40% de todo o rendimento. Os dados são do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Com um cenário desses, e com tão pouco disponível para investir, parece desanimador correr qualquer risco investindo sem saber exatamente quanto teremos de retorno, certo?

Esse é um dos motivos que faz o brasileiro ser apegado à poupança. Segundo pesquisa do SPC58% das pessoas que poupam não sabem quais são os investimentos com melhores taxas de retorno. Impressionantes 61% de todo o dinheiro dos investidores brasileiros hoje está rendendo muito pouco na Poupança, enquanto apenas 9% estão investidos em renda variável, ou seja, em ações que podem ser compradas através das corretoras.

atom/sa dá exemplo de como atrair mais clientes usando o marketing digital

Agora, imagine que apesar desse cenário desanimador, existe uma empresa faturando na casa dos 7 dígitos ensinando pessoas em todo o Brasil o quanto é fácil – e até mesmo divertido – investir em renda variável fazendo Day Trade, que são as operações que duram apenas um dia na Bolsa de Valores.

Essa empresa é a ATOM, liderada por Carol e Joaquim Paiffer, dois irmãos que há 11 anos começaram a sua história no Mercado de Investimentos e revolucionam a vida de milhares de pessoas que têm a oportunidade de operar o capital da empresa, aprendendo com os cursos deles a forma correta de fazer isso sem correr os riscos de perder dinheiro.

A Carol Paiffer nos recebeu na sede da ATOM, que fica em Sorocaba, para um bate-papo incrível, cheio de dicas valiosas para você, que está entrando no mundo dos infoprodutos e precisa de ajuda para superar as dificuldades que surgem no caminho. Nada melhor do que aprender com quem é referência em um Mercado tão nebuloso, que pouca gente teria coragem de apostar em empreender.

Como tudo começou

Há 11 anos, Carol Paiffer queria cursar faculdade de Moda. Antes disso, definiu que cursaria Administração, para aprender a gerenciar a sua carreira na Moda depois que se formasse. Conheceu o Mercado Financeiro ainda no primeiro ano de faculdade, se apaixonou, e desde então atua junto com o seu irmão, Joaquim Paiffer.

A empresa começou em Campinas e logo no começo encontraram resistência das pessoas. Carol contou, sorrindo, que “vendo uma menininha e um moleque falando de um negócio complicado que nem aquele, as pessoas tinham medo da gente ser golpista”.

A partir desse momento, ficou bastante claro para os dois a importância de construir uma autoridade sólida e se relacionar ensinando o que haviam aprendido do Mercado de um jeito que quebrasse as barreiras do preconceito com os investimentos em renda variável.

Quando eu comecei na bolsa, eu precisava ter o dinheiro para investir e como eu não tinha, precisava ir atrás dos clientes

A empresa dava treinamentos 100% presenciais nessa época. Eles davam palestras e ensinavam as pessoas sobre o Mercado de investimentos. Para captar clientes, o grande desafio era fazer as pessoas vencerem o medo e se convencerem de que operar no Mercado era possível, rentável e uma excelente oportunidade.

Conforme foram conquistando a confiança dos clientes pelo trabalho desenvolvido com responsabilidade e trazendo resultados reais, a empresa foi crescendo. Mas as pessoas sempre gostaram de investir onde é mais seguro – quando não na poupança, como já falamos no início deste artigo, na renda fixa.

Isso fez com que os jovens empresários deixassem um pouco de lado o que era a sua grande paixão, que é o Mercado de renda variável. Foi assim que, em 2014, surgiu a Work Hard, Play Hard (WHPH), onde convidaram mais dois traders para operarem junto. Estava formada a primeira equipe, com 4 pessoas.

Operando apenas com capital próprio, a WHPH investiu 1 milhão de reais e em apenas 2 anos esse montante virou 15 milhões operando Day Trade, ou seja, comprando e vendendo as ações no mesmo dia. Com o resultado fantástico, no final de 2014, adquiriram a ATOM, uma empresa de capital aberto, da qual a WHPH virou controladora.

Nesse mesmo ano em que a empresa foi aberta, a Carol foi fazer um curso em Nova York e descobriu que o modelo de operação que realizava com pioneirismo no Brasil era chamado de “Prop Traders” nos Estados Unidos, ou mesas proprietárias. “Os Americanos estavam brincando de comprar ilhas!”, contou, admirada com o potencial do negócio. Voltando para o Brasil, percebeu que precisaria de mais pessoas para fazer parte do time. E aí estava o grande desafio:

Como achar traders, sendo que é uma profissão que ninguém conhece, ninguém sabe fazer, em um país onde as pessoas têm medo da bolsa?

A forma estratégica que a Carol encontrou para atrair as pessoas certas para o seu negócio foi ensinar. Hoje, a ATOM tem como uma das bases do negócio o volume de pessoas que a conhecem e têm acesso ao seu conteúdo.

Essas pessoas percorrem um funil estruturado, com conteúdos de qualidade e passam por treinamentos, simuladores e avaliações que transformam pessoas comuns em pessoas capazes de operar no Mercado sem dificuldades. Um dos grandes diferenciais nisso tudo é o Processo Seletivo, que funciona como a porta de entrada para essas novas pessoas entrarem no mundo dos traders.

atom/sa dá exemplo de como atrair mais clientes usando o marketing digital
A ATOM tem um braço educacional que alimenta e possibilita o seu negócio lucrativo continuar crescendo com força total.

As pessoas que saem do funil educacional estão prontas para serem recebidas como Traders da ATOM, criando um fluxo sustentável e altamente lucrativo, uma vez que quanto mais pessoas operam o capital da empresa, mais oportunidades de Mercado são cobertas, o que traz mais lucro para todo mundo: tanto para o trader como para a própria empresa.

Talvez a sua grande dificuldade hoje seja de encontrar as pessoas certas para oferecer o seu produto. Talvez você lamente o fato de que as pessoas não entendem o real benefício do seu produto ou serviço. Não teve cenário adverso suficiente para minar a vontade da ATOM de transformar o “Bicho Papão” da Bolsa de Valores na tão sonhada Liberdade de milhares de brasileiros.

A grande lição é que em cada nicho considerado não lucrativo, existe uma necessidade latente de educar com conteúdo e evangelizar quem faz parte dele. Se você enxerga essa oportunidade e desenvolve um trabalho bem orquestrado e com consistência, seja qual for o seu nicho, você já começou a construir a sua autoridade e, junto com ela, um negócio de muito sucesso.

Sem tempo para ler todo o artigo? Você pode ouvir o Podcast onde e quando quiser. É só clicar aqui.

Marketing Digital como Ferramenta de Ensino

O modelo antigo de dar palestra e fazer cursos presenciais, numa equipe tão enxuta, não era mais sustentável. Estava na hora de iniciar a Fase 2 da empresa, migrando a operação que era presencial para um modelo de operação online, que viria a influenciar e impactar muito mais pessoas através da internet.

A primeira objeção resolvida foi a limitação geográfica. Antes, como o conteúdo era entregue apenas presencialmente, quando alguém se interessava precisava ir até onde está a empresa, o que era um fator limitante grave. A ATOM resolveu isso criando uma plataforma para que os traders não precisassem ir a Sorocaba para provar que eram bons e que poderiam participar da mesa da empresa.

Agora, eles poderiam criar o seu processo seletivo convidando pessoas de todo Brasil para operar o dinheiro da empresa sem risco para elas.

Sozinho, na casa dele, o cara poderia operar o Mercado com um dinheiro fictício, porém em tempo real e com regras para que ele fosse aprovado

Assim foi desenvolvido o simulador, onde as pessoas podem operar igualzinho ao que acontece no Mercado real, e podem ser avaliadas com as regras do processo seletivo. Até aí, tudo bem. Mas o Segundo desafio era tão grande quanto eliminar a barreira geográfica:

Como comunicar às pessoas que existia um simulador financeiro, onde elas poderiam aprender a operar no Mercado sem correr riscos?

Assim que a plataforma com o simulador financeiro ficou pronta, Carol achou que estava tudo resolvido. “A gente está dando dinheiro para as pessoas, montou um processo seletivo… o negócio vai viralizar com o boca a boca, todo mundo vai ficar sabendo porque o negócio é muito bom”!

Como você já deve ter concluído, ela também descobriu que não era bem por aí… Os sócios já eram experts em números e poderiam explicar qualquer coisa que perguntassem sobre o Mercado… mas o marketing era uma área muito nebulosa.

Até hoje eu não sei tudo que preciso saber sobre marketing. Nesse quesito, a gente está sempre evoluindo

Há 4 anos, praticamente não existiam referências sobre marketing digital para a ATOM e não tinha como fazer benchmarking. Como você viu no primeiro artigo desta série, ninguém faz o que a ATOM faz no Brasil, que tem como modelo de negócio disponibilizar para as pessoas o seu próprio capital para que elas operem no Mercado. Nem mesmo as empresas americanas atuam assim, porque lá o trader precisa depositar o dinheiro para operar.

Não existe “O que Funciona pra Todo Mundo”

Cada mídia tem suas particularidades e o perfil do avatar conta muito na hora de escolher onde investir em tráfego. Não existe uma fórmula pronta que vai funcionar para todo mundo. Por isso, apesar de óbvio, a dica sempre é valiosa: faça testes.

Foi testando que a ATOM percebeu que o Facebook, por exemplo, é uma mídia que não gera audiência para eles. Por outro lado, apesar de não incentivar as pessoas a curtir o canal, dar like nos vídeos, eles foram percebendo que o Youtube era um canal que dava bastante retorno.

A audiência dos vídeos era grande, mas não era feita nenhuma ação específica. Mais adiante nesta leitura, você vai entender como é possível elaborar uma estratégia em torno de uma rede social que tem mais crescimento orgânico e como extrair o máximo de potencial dela.

Definindo a Verba de Marketing

Além de escolher as mídias para anunciar, é preciso definir a estratégia de comunicação baseado em quanto se tem para investir. A Carol contou para nós que sempre foi muito pé no chão, direcionando de 10 a 15% do orçamento da empresa para as ações de marketing.

Eu nunca fui na onda de ninguém e sempre fui muito pé no chão com o quanto investia no marketing. Nunca gastei mais do que podia

atom/sa dá exemplo de como atrair mais clientes usando o marketing digital

Ter os números do seu negócio em mãos é indispensável para poder planejar até onde você pode investir e em cima disso poder estimar as suas métricas. Depois de definir as mídias que têm mais a ver com o seu público, acompanhe as campanhas para fazer os ajustes necessários que surgirem pelo caminho. Assim você vai sempre trabalhar com o melhor desempenho de retorno x investimento, que é o ROI.

Você também pode assistir às vídeo-aulas desta entrevista, baixar mini-ebooks gratuitos e podcasts sobre este conteúdo. Clique aqui.

A Promessa

Quando a WHPH foi montada, além da Carol e do Joaquim Paiffer, eles contavam com mais dois traders. A empresa queria crescer, mas a profissão de trader ainda não existia no Brasil e apesar das vagas estarem disponíveis, o grande desafio era conseguir preenchê-las.

atom/sa dá exemplo de como atrair mais clientes usando o marketing digital

Era preciso formar essas pessoas, e elas não precisariam de uma faculdade ou um curso superior para isso – a própria ATOM abraçou a causa para educar o  Mercado e em 2 meses era possível fazer o treinamento e aprender tudo que é preciso para começar a operar na bolsa.

A grande virada foi que, quanto mais traders operando o dinheiro da empresa, mais oportunidades eles estariam cobrindo do Mercado, que oscila o dia inteiro – como já mencionamos, as operações são day trade – e terá mais pessoas atentas para fazer compras e vendas vencedoras.

Foi dessa grande virada que a ATOM construiu a sua super promessa: não é preciso ser um expert em economia, nem saber taxas de juros, ou em quanto o Mercado vai fechar no final do ano, nem ser um gênio de Wall Street para e tornar trader. Recebendo o treinamento adequado, qualquer pessoa comum pode ser um trader que tem sua própria liquidez, dentro das porcentagens que cada plano da empresa oferece, e tanto a ATOM como o trader crescer com isso.

Infoprodutos como Estratégia de Aquisição

Apesar da  frente educacional sempre ter sido muito forte para a ATOM, o objetivo de criar os seus infoprodutos não é ser a principal fonte de faturamento da empresa, e sim trazer pessoas interessadas, treiná-las e quando estas pessoas estiverem operando na mesa da empresa, dar o lucro real que se espera.

Os cursos, o simulador financeiro e a própria avaliação após os estudos são estratégias de aquisição, estruturadas dentro do processo seletivo que dá início à toda a máquina de vendas que vem em seguida.

As pessoas olham para a ATOM e pensam que a gente ganha dinheiro com os nossos cursos e com publicidade – não se iludam. Não é ali que a gente ganha dinheiro

A ATOM trabalha os seus cursos como uma estratégia poderosa de aquisição. O educacional é o gasto de energia para recrutar pessoas que vão trazer dinheiro de verdade para a empresa, quando entrar na mesa.

A formação de traders é a contribuição que a ATOM dá para a sociedade, formando pessoas capazes de aumentarem suas fontes de renda com uma nova atividade, ao mesmo tempo que isso gera valor para as pessoas e aumenta o faturamento da empresa. A ATOM de certa forma criou uma nova profissão no Brasil, formando novos profissionais com uma base de conteúdo de formação que é totalmente desenvolvido pela empresa.

O grande Propósito Cria os Diferenciais

Uma empresa evangelizando o Mercado para tornar claros todos os benefícios de se tornar trader. O propósito forte da ATOM, que resultou na sua super promessa, caminha junto com esse fato: os brasileiros não estão dispostos a correr riscos e isso pode impedir que aflore o lado empreendedor e investidor dessas pessoas.

A ATOM criou a sua super promessa em cima de três pilares: quem quer investir não precisa arriscar seu próprio dinheiro, é possível ser um trader da ATOM obtendo bons resultados no simulador, através do processo seletivo e tudo isso com a liberdade de trabalhar como e de onde quiser, proporcionando uma melhor qualidade de vida para os seus clientes.

É muito importante que, desde o início, você defina qual é o seu grande diferencial, o que faz o seu negócio ser único e qual é a super promessa que você cumpre ao trazer o cliente até você, através do seu produto ou serviço.

Assista às vídeo-aulas completas desta entrevista, baixe mini-ebooks gratuitos e podcasts sobre este conteúdo na íntegra. Clique aqui.

Conteúdo para Entrada do Funil

Como você já viu, o público-alvo da ATOM é carente de conhecimento a respeito da área em que ela atua e, por isso, precisa investir forte no conteúdo como estratégia de aquisição. Tanto gratuitos como pagos, são esses conteúdos que conduzem as pessoas durante o processo de entendimento do mercado, treino no simulador até que se torne um trader que opera na ATOM – que é o que monetiza a empresa.

As pessoas sentem uma necessidade cada vez maior de se comunicar de um para um e sentir que as empresas também são mais humanas. A forma invasiva de se fazer publicidade tem aumentado a barreira das pessoas em relação à promoção dos produtos e serviços, e encontrar uma pessoa que age com naturalidade ao falar da sua empresa, e que se permite não ser “perfeita” em um vídeo – gaguejando, por exemplo – é uma forma de gerar empatia e aproximação com a audiência.

atom/sa dá exemplo de como atrair mais clientes usando o marketing digital

O  Vida de Trader é o canal da ATOM no Youtube, que conta com uma programação variada em diversos quadros. O “Sacada de Trader”, por exemplo, é um quadro que vai ao ar no canal toda segunda-feira e é apresentado por Joaquim Paiffer, sócio da ATOM. Segundo Carol nos contou, criar o quadro foi uma ideia dele, que queria estar próximo das pessoas, interagindo e tirando dúvidas sobre o que é ser trader.

Já o Operando na Prática é um vídeo curtinho, de 5 minutos em média, em que Carol compartilha a tela do seu computador enquanto opera e dá dicas valiosas do que está acontecendo minuto a minuto. É uma forma de mostrar que não apenas é possível, como é fácil fazer os Trades quando é orientando de forma correta.

Ter uma agenda de produção de conteúdo e se programar para seguir essa agenda é fundamental para que a empresa trabalhe com consistência e, assim, seja mais relevante e tenha resultados melhores com SEO e rankeamento no Google, por exemplo. Mas é preciso ficar atento para não se “amarrar” ao que está na programação.

A flexibilidade que hoje permite criar conteúdos como no Stories do Instagram e com o próprio celular em qualquer lugar, até mesmo em uma viagem, pode ser o overdelivery que realmente encanta a sua audiência. “Todo mundo vai agradecer de passar uma aula a mais. Sempre que tiver oportunidade, faça”, aconselha Carol.

Lidando com Haters

Você precisa estar  preparado para as críticas. Vai ter quem xingue, quem desmereça o seu trabalho e quem dedique seu tempo a denegrir a sua imagem de alguma forma. Crescer tem seus infinitos pontos positivos, mas traz esse lado negativo também.

Tudo depende da sua maturidade emocional de lidar com essas situações. Para Carol, dava para entender esse tipo de reação por ser uma mulher jovem tratando de um assunto que assusta a maioria das pessoas com muita naturalidade, e com um tom de leveza e descontração. Isso era praticamente impossível na cabeça das pessoas e foi uma quebra de paradigma.

O que a ATOM faz é abrir a sua sede para receber pessoas de todo o Brasil, mostrando mais uma vez que uma empresa humana, que ouve o seu cliente, é a melhor forma de criar um relacionamento forte e baseado na confiança. “As pessoas vêm de todo o Brasil para conhecer a sede da ATOM e ver com seus próprios olhos de que tudo aquilo que vêem na internet sobre a empresa é de verdade”, ela conta.

Como você vai neutralizar os haters que surgirem ao longo da sua jornada? Pense a respeito disso e torne o processo leve, nunca ataque de volta. Procure mostrar o verdadeiro valor e transformação do que você entrega até mesmo para quem é agressivo com você. Dessa forma, os ataques perdem força e você poderá seguir no seu propósito sem se abalar com as críticas que não são construtivas.

Utilizando o Marketing Digital com Responsabilidade

Ao mesmo tempo que ajuda a escalar o negócio, o marketing digital também pode ajudar a afastar. Carol acredita que é a autenticidade, e dar personalidade à sua comunicação que fortalece o engajamento e cria uma relação de confiança com as pessoas.

É preciso deixar a vergonha de lado, insistir, e fazer. Aprender com os exemplos que existem no mercado é excelente, mas é preciso imprimir a sua própria personalidade na hora de aplicar o que foi aprendido.

Você também pode assistir às vídeo-aulas desta entrevista, baixar mini-ebooks gratuitos e podcasts sobre este conteúdo. Clique aqui.

 Pivotamento  A Importância de Delegar

Agora vamos entrar em um assunto que é delicado para a maioria dos infoprodutores e microempresários, que é saber o momento certo de crescer a equipe e delegar tarefas.

O grande volume de produção de conteúdos e a enorme quantidade de novos alunos que chegam para fazer os cursos não foram motivo para crescer de forma exagerada o quadro de colaboradores da ATOM. Mesmo mantendo uma estrutura eficiente e produtiva, chega um momento em que não dá para abraçar o mundo – é preciso delegar algumas tarefas que podem ser desempenhadas por outras pessoas e, assim, você se dedicar à parte estratégica do seu negócio.

Quem trabalha com marketing digital sabe que é muito difícil encontrar uma pessoa pronta. Por ser uma área muito nova, geralmente quem se candidata conhece uma parte, mas precisa aprender outras. Por isso, o processo seletivo não precisa focar em habilidades técnicas, mas em pessoas que são apaixonadas pelo seu negócio, que mostram a sinergia do entrevistado. Carol conta que um ponto decisivo na entrevista era o brilho nos olhos de quem é candidato para a vaga.

Essa é a grande dica da ATOM em relação às suas contratações. Quem é entrevistado deve chegar sabendo quem é a ATOM,  o que ela faz e no que acredita, senão a entrevista não vai adiante. Do lado de quem contrata, é preciso deixar muito claro o que se espera da pessoa que vai preencher a vaga e quando a contratação acontece, essa pessoa deve saber exatamente o que precisa ser feito.

Portanto, antes de abrir vaga para contratar, descreva quais são as responsabilidades do cargo, assim você evita surpresas e o acordado não sai caro.  Esse detalhamento da função que você deseja contratar é chamada de “job description”, que traduzido do inglês significa “descrição do cargo”. Você você baixar um modelo simples de job description clicando no botão abaixo:

Quando Contratar?

Aumentar o faturamento sem aumentar a equipe é uma tarefa impossível. Então quando o seu negócio crescer, leve em consideração contratar pessoas para que você consiga manter o mesmo padrão de qualidade que fez com que as pessoas gostassem do seu produto ou serviço, senão todo o trabalho de conquista vai por água abaixo.

Para Carol, a maior dificuldade de contratar era saber exatamente qual cargo é prioridade. É comum que os empreendedores que começaram a crescer não saibam muito bem quem deve vir primeiro: se é o copy, o designer, a pessoa que faz o tráfego, que grava os vídeos… Cada empresa tem uma realidade diferente.

É importante saber controlar o impulso de crescer a equipe mais do que o necessário – a ATOM tem resultados excelentes com uma equipe enxuta, e você deve considerar fazer o mesmo. Mas não se engane: não vai funcionar contratar uma pessoa que faça tudo, porque essa pessoa não existe. Conforme o negócio vai escalando, é preciso “separar as caixinhas” – e aquele job description que falamos antes vai te ajudar nessa missão.

A Única Coisa – O Foco Pode Trazer Resultados Extraordinários para Sua Vida
Autores: Jay Papasan, Gary Keller, Caio Pereira
Editora: FIGURATI, 2016
ISBN: 8542801849, 9788542801842
Num. págs.: 208 páginas

Treinar é mais fácil do que não delegar

Todo empreendedor sabe as dificuldades que enfrenta todos os dias para ter o seu próprio negócio. É por isso que é comum você se sentir inseguro na hora de delegar tarefas. A própria Carol confessou pra gente que teve dificuldades no começo. “É difícil delegar algumas coisas, porque num primeiro momento as pessoas não fazem do jeito que a gente imagina”. É por isso que é tão importante dedicar energia e tempo criando processos, checklists e mais importante: treinando as pessoas.

Mesmo relutando para “largar o osso”, se você não seguir esta dica vai perceber, mais cedo ou mais tarde, que é mais fácil ensinar do que não delegar. Em algum momento você pode se tornar o seu próprio gargalo e não vai mais conseguir gerenciar o seu tempo para atender todas as frentes. “Aí deixa de fazer sentido usar o mundo online, que tem como principal vantagem para o empreendedor o negócio depender cada vez menos dele“, conclui Carol.

Meritocracia é a Melhor Motivação

Para Carol, montar uma equipe eficiente significa que as pessoas precisam ganhar junto com você. Por isso, além de receberem todo o treinamento que precisam, os colaboradores da ATOM também são reconhecidos com meritocracia.

Na ATOM todas as pessoas têm acesso aos números, então para manter eles motivados o incentivo de ganhar junto é muito importante para reter quem é realmente bom. Além da evolução dentro da empresa, os colaboradores podem receber bonificações com ações da ATOM, o que dá um sentimento de pertencimento muito forte.

Como você viu sobre o Processo Seletivo da ATOM, pessoas tão apaixonadas quanto os próprios donos compondo a equipe tendem a abraçar a sua causa com o mesmo afinco  de quem já estava na empresa e acabam traçando um caminho natural de crescimento e plano de carreira.

O Papel das Parcerias na Construção da Autoridade

Aqui vai um ponto importante: quando está começando, normalmente o empreendedor procura fazer alianças e aceita fazer negócio com alguém maior, com mais visibilidade para conseguir “autoridade instantânea”.

Esse não é um caminho recomendado. Crescer leva tempo e você precisa passar por todas as etapas até construir a sua autoridade. É possível construir o seu Mercado do tamanho que você quiser, ao invés de brigar pela mesma fatia da concorrência. Foi assim que a ATOM se consolidou e hoje caminha sem concorrentes no mercado. Segundo Carol, o segredo é manter a disciplina.

A audiência precisa ser de pessoas engajadas. Ganhe a sua audiência de pessoas que realmente gostam de você

Como empreendedor, você está sujeito a situações desafiadoras todos os dias quando se relaciona com parceiros, afiliados e prestadores de serviço.

Se relacionar com pessoas que têm sinergia com o seu propósito e com a sua comunicação podem te ajudar a impulsionar o seu negócio quando a ajuda mútua produz um material de qualidade superior para a audiência. O importante é você escolher bem com quem associa a sua imagem e o direcionamento que dá para aproveitar o máximo das parcerias que forem mais pertinentes ao seu negócio.

Parceria com afiliados

Ao se cadastrar na Eduzz, você tem a possibilidade de ver a vitrine com os produtos vendidos na plataforma e pode escolher os que achar mais interessantes para divulgar. Quando o produtor aceita o seu pedido de afiliação, você recebe um link que é só seu para fazer a divulgação do produto e toda vez que acontecer uma venda através do seu link, você recebe comissão por isso.

O marketing de afiliados é bastante forte e quando existe uma parceria próxima com o produtor, os lucros ganham proporções muito maiores do que quando se trabalha sozinho. A ATOM ainda não trabalha com afiliados, porque estão crescendo e entendendo as possibilidades que o marketing digital oferece para impulsionar esse crescimento. Segundo Carol, “quando o funil e o tráfego estiverem alinhados, aí sim dá pra abrir possibilidade de outras pessoas falarem e divulgarem o seu produto”.

Se você também é infoprodutor, seguir esse caminho é uma boa dica. Quando pensar em abrir afiliação para o seu produto, esteja preparado e munido com todas as informações para dar a assistência que o seu time de afiliados vai precisar: tenha as suas campanhas estruturadas, conheça todas as métricas do seu negócio, saiba quem é o seu público-alvo, quais as mídias que têm um desempenho melhor de alcance e vendas. Compartilhando essas informações de forma organizada, fazendo um processo seletivo responsável da mesma forma que você contrata sua própria equipe e acompanhando os seus parceiros, seja você mesmo ou com um gerente, você aumenta a possibilidade de multiplicar os seus ganhos.

Você também pode assistir às vídeo-aulas desta entrevista, baixar mini-ebooks gratuitos e podcasts sobre este conteúdo. Clique aqui.

Construção de Funil e Novos Produtos

atom/sa dá exemplo de como atrair mais clientes usando o marketing digital

O processo de relacionamento com o lead até virar cliente deve ser como um namoro. Primeiro, ele precisa te conhecer, gostar de você, se apaixonar para só depois querer casar. Deixe que ele mesmo se convença de que seu produto ou serviço vale a pena, esse é o jeito saudável.

A ATOM cultiva relacionamentos de longo prazo, já que ela mesma doutrina os seus traders e tende a permanecer com aqueles que passam pelo processo seletivo para operar na sua mesa. Se o seu negócio também pretender ter um relacionamento forte, duradouro e transparente com os seus clientes, então você precisa se preocupar em planejar bem e estruturar a sua comunicação com eles, e isso vai desde a sua sequência de emails até o atendimento e suporte.

O Funil da ATOM hoje conta com o Treino Livre, seguido pela Universidade ATOM e no último estágio e com investimento mais alto, os Intensivos e Cursos Presenciais. Tudo isso passa por um processo de validação contínuo.

A Universidade ATOM surgiu para ser uma compilação de conteúdos de qualidade, acessíveis a qualquer pessoa e para popularizar o trade como uma opção para quem quer ter liberdade financeira. Por apenas 92 reais por mês no plano anual, a pessoa tem acesso a conteúdos gravados, a conteúdos ao vivo, e mais o simulador pra poder testar o Mercado.

Para transmitir os conteúdos ao vivo e conversar com os estudantes da Universidade ATOM, Carol usa a plataforma Zoom. Mais um dos benefícios de ter migrado essas conversas ao vivo para o ambiente privado da Universidade é que não dá tempo de algo ruim vazar. A situação é resolvida ali, ao vivo, na hora, além de reforçar a sensação de comunidade entre os participantes.

Dentro da Universidade, existe um Upsell onde o aluno tem a opção de fazer um intensivo ou curso presencial com a Carol e o Joaquim Paiffer. Segundo Carol, “o brasileiro gosta de curso presencial. Sempre tem muita audiência, é complementar e tem um ticket mais alto”. Além de estar perto dos donos do negócio, o aluno tem a oportunidade de se preparar ainda mais para a avaliação.

Todo esse direcionamento para o desenvolvimento dos produtos e estruturação do funil da ATOM veio a partir do chat e dos pontos de contato da empresa com os próprios clientes.  Ouvir o feedback de quem consome os seus produtos ou serviços é uma mina de ouro e vai te dar dicas de quais serão os próximos produtos do seu funil.

Precificação

Uma dificuldade comum entre quem está começando a criar infoprodutos é definir o preço que será cobrado pelo conteúdo.

Veja aqui o que é Precificação

Na hora de definir o preço, valorize o seu tempo de estudo e o tempo que levou para produzir o produto. As pessoas só dão valor quando precisam pagar por algo, e você também vai precisar de retorno financeiro para continuar motivado e aprimorando cada vez mais o produto, investindo em você mesmo com cursos e outras fontes de aprendizado. É bom pra todo mundo.

A Entrega do Conteúdo

Um conteúdo entregue sem cuidados mínimos como um bom áudio, uma boa edição, um ambiente adequado, roteiro e programação do conteúdo estruturado de forma didática queima o filme não só do produtor, mas de todo o Mercado. Além disso, cria uma atmosfera de insegurança em quem está chegando agora no Mercado digital. Isso é péssimo porque todo mundo fica com medo de fazer o próximo curso. Quem já está atuando no Mercado digital tem uma parcela de responsabilidade na construção de um Mercado maduro, produtivo e de qualidade.

Toda vez que você se propuser a gravar um conteúdo ou fazer um curso, faça bem feito. Um conteúdo mal feito ajuda a denegrir a imagem do Mercado de infoprodutos, que já anda meio fragilizado e mal visto por alguns devido a essa baixa qualidade de alguns produtos

Além disso, as pessoas mudam e os hábitos mudam. Não existe perfeição, e o seu curso vai evoluir com os feedbacks que receber. Por isso é importante lançar o quanto antes para poder fazer esses ajustes. A ATOM investe bastante energia na sua parte educacional, deixando os vídeos melhores, mais curtos, intuitivos, o conteúdo mais de acordo com as dores do seu público e isso contribui para que, no final das contas, ajude mais e mais traders a se prepararem para operar.

Criação de novos Produtos

A própria interação da audiência com o seu conteúdo gera insights para novos produtos. Com a Carol aconteceu assim: nos seus vídeos do Operando na Prática, ela percebeu por meio dos comentários que não estava claro para as pessoas o que era o VWAP, que é o nível de referência que indica o preço médio ponderado pelo volume na análise técnica dos gráficos. Foi natural surgir um curso explicando sobre VWAP, por exemplo, porque os próprios clientes pediram por esse conteúdo.

Quem fala quando o conteúdo vira curso é o público. Um exemplo disso é o curso Como Ganhar 500 Reais por Dia, do Joaquim, que surgiu porque as pessoas pediam para ele ensinar as suas estratégias de trader. Criar um curso ouvindo feedbacks da sua própria audiência é praticamente à prova de erros, porque ele já está validado antes mesmo de começar a ser vendido. Prova disso são os resultados que o Joaquim teve com o seu curso, que foi lançado em um dia perto da meia noite, e 10h da manhã seguinte já havia recebido várias mensagens de pessoas dizendo que, de 10 trades, tinham acertado 9 por causa do curso.

Se você ainda não lançou nenhum infoproduto e está na fase de planejamento do seu conteúdo programático, por exemplo, você pode fazer um webinário para perguntar o que as pessoas querem aprender. O importante é criar oportunidades de ter o seu próprio laboratório, conhecer o seu público e validar que o que você pretende lançar realmente resolve o problema de uma grande quantidade de pessoas.

Estratégia de Gamification

O Proton foi uma solução criativa de resolver uma dor enorme do público da ATOM, que leva mais tempo ensinando as pessoas a usarem a plataforma do que ensinando elas a operarem na bolsa. Os gráficos assustam as pessoas e o Mercado Financeiro não parece ser muito acessível para os leigos. Por isso, a ATOM precisava ser inovadora e trazer jeitos diferentes de ensinar. O jogo é uma forma intuitiva de mostrar que não é o bicho de sete cabeças como a maioria das pessoas pensam.

O game sempre ensina muito. Quando você falha, ele te ensina a acertar dando sugestões de aula com o conteúdo para ajudar

Com esse novo modelo de ensinar, a ATOM revolucionou mais uma vez. “O modelo educacional no Brasil é chato. O modelo da palestra é chato. Então a gente precisa aprender a ser mais legal”, completa.

atom/sa dá exemplo de como atrair mais clientes usando o marketing digital

O game Próton pode ser baixado na AppStore e Google Play

É isso que o empreendedor precisa fazer: simplificar cada vez mais a sua linguagem e a forma que educa, porque o aprendizado não precisa ser uma obrigação, ou uma tarefa difícil. Ele precisa ser divertido.

A Dica de Ouro

Para finalizar esse estudo super completo que tivemos a oportunidade de fazer com a ATOM, entrevistando a Carol Paiffer, presidente da empresa, perguntamos para ela qual seria a dica de ouro que está em tudo que aprendemos nesse bate-papo tão rico.

Ela, que é fã do Ayrton Senna, revelou que duas características que sempre estiveram presentes em tudo que faz são a persistência e a disciplina.

Carol, que corre maratonas, treina mesmo nos dias de preguiça, segue adiante mesmo com as dores e com a vontade de desistir. Ao encabeçar a ATOM, produz seus conteúdos, enfrenta os obstáculos, remodela o seu negócio quando necessário, ouve feedbacks constantemente e não se acomoda nunca. Tanto na vida pessoal como profissional, ela faz o que precisa ser feito todos os dias e segue o plano que foi traçado para atingir o seu objetivo.

Sim, é preciso ter um direcionamento para canalizar a persistência e a disciplina, traçando o seu plano e executando ele todos os dias, independente de qualquer coisa. Esse é o segredo do sucesso.

Assista às aulas em vídeo, baixe mini-ebooks e os podcasts desse Estudo de Caso na íntegra, para estudar e consultar sempre que quiser. Todo o material está disponível gratuitamente, clicando aqui.